Translate

Valores

O outro



 Você conhece o Pica-Pau, aquele personagem do desenho animado? Ele é muito interessante: bonito, inteligente, ágil e muito esperto. Mas eu não gosto dele. Não gosto do que ele faz. Está sempre passando os outros para trás. Gosta de bancar o espertinho e, com isso, prejudica os seus companheiros. Mas não é só o Pica-Pau que age assim. Na vida real há muita gente fazendo a mesma coisa.
As pessoas são diferentes: umas são falantes, enquanto que outras são caladas; umas são muito agitadas, outras são mais calmas; algumas são comunicativas, enquanto que outras são tímidas e retraídas. As pessoas do primeiro tipo já levam vantagem pelo seu jeito de ser: aparecem logo, chegam primeiro, são mais ouvidas e notadas. Até ai tudo bem, pois isso ocorre por conta da sua natureza. O triste é quando tais pessoas se valem do seu temperamento para prejudicar o próximo. Aí, a sua atitude começa a ser desagradável e até condenável. 
Furar fila é uma dessas atitudes. Você está na fila da cantina ou da lanchonete, na fila do ônibus, ou em outra fila qualquer. De repente, vem alguém e começa a conversar com a pessoa que está á sua frente. A fila vai andando, a fila vai andando, a conversa vai rolando e o espertinho vai ficando, até tomar definitivamente o seu lugar. Desagradável, não é?
Alguns adultos também agem assim: furam fila, fazem trocas nos negócios, mentem, enganam, praticam injustiças, enfim, prejudicam o próximo. A palavra de Deus, no entanto, ensina que devemos respeitar e valorizar o nosso próximo. Ela registra esse mandamento deixado por Jesus: "Ame os outros como você ama a você mesmo." (Mt 22.39b)
Em Mateus 7.12, lemos a seguinte recomendação: "Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês." Estas também são palavras de Jesus. Este versículo é conhecido como a regra áurea da Bíblia, ou seja, a regra de ouro. Você não acha que o mundo seria bem melhor se o mundo vivesse de acordo com essa regra? Vejá como funciona na prática:

1. Não gosta de ser enganado? Não engane.

2. Quer ser respeitado? Respeite os outros.

3. Quer ser bem tratado? Trate bem os outros.

4. Não quer sofrer? Seja sempre justo para com todos.

5. Quer ouvir palavras amáveis? Seja amável no falar.

O apóstolo Paulo recomenda: "...cada um considere os outros superiores a si mesmo..." (Fp 2.3). E mais: "Ninguém deve buscar os seus próprios interesses e sim os interesses dos outros" (1 Co 10.24).
 Então, você se dispõe a colocar em prática essas recomendações? Difícil? No começo pode ser. Com o passar do tempo, no entanto, você verá que só tem a ganhar. 
Compartilhar Google Plus

Autor Sofia Campos

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial